Weby shortcut
Ufg logo

História

Atualizado em 26/11/14 15:59.

 

 

A Faculdade de Educação foi criada a partir da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFCL), com o objetivo de "sanar a carência de professores licenciados em Goiás". A FFCL foi criada pelo Decreto nº 51.532, de 8 de novembro de 1962. Em 1968, a FFCL, em decorrência da reforma universitária e a reestruturação de suas unidades acadêmicas da UFG, foi desdobrada em quatro unidades distintas – Instituto de Ciências Humanas e Letras, Instituto de Química e Geociências, Instituto de Ciências Biológicas e Faculdade de Educação.

A FE atua prioritariamente na formação de professores e psicólogos, através do Curso de Pedagogia, do Curso de Psicologia e da oferta de disciplinas de formação de professores para a demais licenciaturas da UFG. Nos últimos anos tem ampliado significativamente sua produção acadêmica e a discussão política nos vários espaços educativos no âmbito da Universidade e fora desta.

A concepção de formação da Faculdade de Educação reafirma o pressuposto de que a universidade se constitui como locus privilegiado de produção, apropriação e divulgação de conhecimentos. Este princípio acentua a ligação ensino pesquisa extensão, base e premissa para toda a sua proposta de formação profissional.

Esta formação, por sua vez, deve ser articulada com as diversas práticas sócio-culturais e pedagógicas, assumindo seu caráter transformador e gerador de novas possibilidades teórico-práticas. Ademais, assume-se a relação dialética entre o processo de formação e o âmbito das relações sociais em geral, dada a estreita vinculação Universidade, Faculdade de Educação e comunidade/sociedade.

Reconhece-se, portanto, a relevante contribuição da Faculdade a outras instituições. Essas relações externas, com as Secretarias Estadual e Municipal de educação, com a rede escolar como um todo, com outras instituições de ensino superior, com os movimentos sociais organizados, com os sindicatos, associações, são essenciais para identificar as demandas sociais, para investigar o universo escolar e não escolar, buscando subsídios concretos para as diversas praticas educativas a que se propõe construir. A Faculdade de Educação poderá sim exercer esse papel, porque envolve em seu trabalho áreas fundamentais do conhecimento e, através das atividades de seus professores, alunos e servidores técnico-administrativos, vai sempre continuar a lutar pela criação de condições de fomentar e realizar um projeto coletivo de educação, comprometido com a defesa dos interesses públicos da grande maioria da população.

 

Listar Todas Voltar